O primeiro passo para começarmos a compreender o que é Marketing é definir o conceito. Imprescindível para desenvolver um Plano de Marketing eficiente.

Conceito: o que é marketing?

Marketing é uma palavra proveniente da língua inglesa, apesar de estar intrínseca à cultura mundial.

Em inglês, market significa mercado e Marketing pode ser traduzido como mercadologia, um estudo das causas, objetivos e resultados que são gerados através das diferentes formas como nós lidamos com o mercado.

Marketing é a ciência e a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro. Marketing identifica necessidades e desejos não realizados. Ele define, mede e quantifica o tamanho do mercado identificado e o potencial de lucro. 

Philip Kotler – Marketing Management

Segundo o American Marketing Association, a definição do termo é a seguinte: “O Marketing é uma atividade, conjunto de instituições e processos para criar, comunicar, entregar e trocar ofertas que tenham valor para os consumidores, clientes, parceiros e sociedade em geral.”

Ou seja, o Marketing é uma série de estratégias, técnicas e práticas que tem o principal objetivo de agregar valor às determinadas marcas ou produtos a fim de atribuir uma maior importância das mesmas para um determinado público-alvo, os consumidores.

Se engana quem acredita que o Marketing tem apenas como o objetivo vender algo.

Este conceito se aprofunda em tudo que envolve este processo, bem como a produção, logística, comercialização e pós venda do produto/serviço.

Para quem não sabe para onde ir, qualquer lugar serve, não é mesmo? E é essa a importância de um plano de marketing!

Elaborar um planejamento de marketing, nada mais é do que definir as ações que serão tomadas para atingir um determinado objetivo.

Será necessário traçar uma meta e desmenbrá-la em várias ações.

Inicialmente pode parecer difícil fazer isto, mas é possível pensar estrategicamente nesse caminho em alguns passos, para você desenvolver um bom plano de marketing e transformar tudo isso em resultados!

Você já sabe onde quer chegar e o objetivo que pretende com este planejamento? Este é o primeiro passo. Vamos analisar…

Analise o mercado e a sua empresa

Plano de Marketing, analise o mercado e sua IES

Não adianta aqui a gente entender somente a nossa realidade.

O objetivo de analisarmos o mercado é de justamente entender como o ambiente externo influencia no momento que sua instituição está.

É preciso que o diretor ou gestor identifique quais são os fatores que influem diretamente em seu trabalho, como fornecedores de material, concorrência e público-alvo, além dos macroambientes como economia, política e cultura e as mudanças que causam nos hábitos sociais e de consumo.

Aprenda também a reconhecer, além das qualidades, as dificuldades e fraquezas da sua empresa, deixando claro qual é o capital disponível para investimento. Um dos pontos principais de definir uma verba para o plano de marketing e suas ações. Descubra quanto sua empresa deve investir em marketing.

Sem essa resolução inicial, o plano de marketing vai por água abaixo em longo prazo, pois não se sustentará quando deparar-se com a real situação da empresa.

Faça um planejamento do seu plano de marketing

Plano de marketing, faça um planejamento

Definir metas e saber quais são os objetivos, é uma forma de mostrar aos profissionais de marketing onde você quer chegar para que a equipe trabalhe sabendo exatamente onde se quer chegar.

Além disso, é preciso definir metas plausíveis, que estejam de acordo com as possibilidades financeiras da empresa e com prazos realistas para elas serem cumpridas.

Não ignore essa etapa.

Planos de marketing sem planejamento são famosos por não conseguirem alcançar o objetivo.

Conheça o público-alvo do seu plano de marketing

Plano de marketing público alvo

É necessário definir no plano de marketing quem é o público da sua empresa – qual a faixa etária, a que classe econômica pertence, quais são os hábitos de consumo, além de prestar atenção na demanda do cliente, se está satisfeito com a empresa e de que forma ele se refere ao serviço prestado.

Afinal, a realização de uma pesquisa profissional pode contribuir para uma coleta mais precisa dessas informações.

A partir delas, é possível desenvolver uma persona, uma pessoa fictícia — com nome, idade, preferências, entre outras informações — que represente como seria o seu cliente ideal e como seria o contato entre ele e sua empresa, sendo mais fácil direcionar as ações de marketing para uma pessoa “real” do que para um público generalizado.

Entender o contexto de vida dessa persona, é ideal para desenvolver uma mensagem e um argumento de venda compatível com a realidade dele, não acha?

Aprenda com a concorrência

Plano de marketing Aprenda com a Concorrência

É interessante perceber como outras empresas se comunicam com seus clientes, quais são suas qualidades e onde perdem a conexão para que você possa identificar o diferencial da sua empresa.

Dessa forma, você aprende o que tem dado certo e o que não deve ser feito na hora de definir as estratégias de sua campanha, pensando na melhor forma de se posicionar e consolidar sua marca no mercado.

Defina as ações de marketing para um bom planejamento

Plano de marketing Faça Metas

A partir das informações colhidas e das metas definidas, é hora de escolher quais ações e estratégias serão usadas.

Marketing viral, inbound ou outbound marketing são algumas das ferramentas, mas sua escolha deve estar de acordo com suas possibilidades e com a demanda de sua persona — seu cliente ideal — para que não sejam feitos investimentos desnecessários ou que não condizem com a realidade financeira da instituição.

E mais!

Geralmente, quando a gente olha o nosso objetivo final, parece um pouco complicado enxergar se estas ações terão resultados, não é mesmo?

Por isso é que essa etapa é tão importante – quebrando esse objetivo final em etapas ele se torna bem mais próximo e alcançável.

Para tornar as ações mais concretas, vamos separa-las em duas categorias (Online e Offline) para ajudar a compor o marketing mix do seu negócio.

Ações de Marketing Online

Site
Blog
Email Marketing
AdWords
Redes Sociais
Programa de Afiliados
Comunicação via SMS
Vídeos

Ações de Marketing Offline

Ações na rua ou ponto da cidade
Produtos Gratuitos
Revistas
Jornais
Loja Física
Vendas Diretas
Assessoria de Imprensa
Promoções e Sorteios
Outdoor ou Busdoor
Rádio
Marketing de Guerrilha
Eventos
Televisão

Estes são alguns exemplos e você deverá ajusta-lo conforme as necessidades do seu negócio.

Faça um cronograma do seu plano de marketing

plano-de-marketing-cronograma

Coloque no papel o momento em que as ações serão realizadas, os recursos e prazos necessários para praticar cada ação, tornando possível monitorar os resultados do processo.

A partir desse monitoramento, o plano de marketing pode ser revisado – caso haja necessidade, é possível mudar o plano ou algumas ações, a fim de readequar-se à nova demanda de público ou do mercado.

Um bom plano de marketing evita desperdício de tempo e dinheiro.

Afinal, você consegue prever possíveis consequências das ações de marketing pela análise do mercado e da situação interna de sua empresa.

Se ficou interessado e precisa de ajuda para organizar suas ações, utilize nossa Planilha Plano de Marketing exemplo.

 

Os quatro P’s do Marketing

mix de marketing

Também conhecido como Marketing Mix ou Composto de Marketing, este são as variáveis que ditarão e influenciarão na maneira como suas estratégias devem ser montadas e também atuaram na forma como o mercado responde às suas investidas.

Agora conheça as características dos quatro P’s: Preço, Praça, Produto e Promoção.

  • Preço: Ponto bem autoexplicativo. Referente ao valor e como será cobrado do cliente o seu produto. Além da definição do valor, outros pontos como a maneira que será cobrada e outras estratégias voltadas ao pagamento são abordadas.
  • Praça: Refere-se ao local seu produto será comercializado. Este ponto pode ser um pouco confuso quando analisamos o contexto de um e-commerce, já que está situado na internet e pode ser entregue para qualquer lugar do mundo (dependendo da logística de cada negócio).
  • Produto: Este ponto é importante pois deixa claro quais são as características do produto ou serviço que sua empresa está disponibilizando no mercado. Também ajuda a defini-lo e moda-lo.
  • Promoção: Simples, este último ponto refere-se às estratégias que serão utilizadas para a divulgação do produto ou serviço. É onde entra a publicidade.

É importante entender que, apesar de muito importante, o marketing mix é somente um modelo para se conseguir classificar melhor as atividades do marketing, mas não pode nunca limitá-las.

Hoje em dia com os vários avanços tecnológicos, principalmente a Internet, existem vários cenários em que os 4Ps do marketing já não se encaixam perfeitamente.

Um bom profissional de marketing deve entender como eles funcionam para poder extrair seus princípios e aplicar a outros cenários.

Alguns tipos de Marketing

Agora que você conhece a divisão que separa todos os tipos de Marketing, conheça alguns dos principais modelos que já existiram e que ainda são praticados no mundo.

Marketing Direto

Utilizando informações precisas do público-alvo como nome, telefone, endereço, interesses entre outros, são criadas mensagens diretas para esse consumidor. Os canais de contato utilizados são: e-mails, ligações, mensagens e mala direta.

Marketing Indireto

Uma maneira mais sutil de veicular sua marca ou empresa em momentos que os consumidores não estão esperando. Normalmente utilizado durante filmes, novelas, jogos e quaisquer outros momentos em que não nos deparamos com um anúncio propriamente dito.

Marketing Social

Empresas que apoiam e patrocinam grandes eventos culturais como shows, filmes e quaisquer outras causas sociais. Este tipo de Marketing gera uma imagem positiva da marca perante a população.

Endomarketing

Essa é uma estratégia de marketing voltada para ações internas nas empresas. Isso mesmo, ao invés de focar no externo, ações de endomarketing tem como objetivo promover e envolver os próprios colaboradores de uma determinada organização.

Marketing Viral

Essa modalidade tem como principal característica possuir um baixo custo ou orçamento, mas que gere um alto impacto. São utilizadas maneiras não convencionais para executar as atividades de marketing.

Marketing Digital

Uma das vertentes mais atuais do Marketing que tem como seu principal canal de atuação o meio digital. Para obter mais informações sobre este conceito, acesse esse post.

Marketing de Conteúdo

Modelo de Marketing que ganhou enorme relevância nos últimos anos. Após perceber a necessidade e importância de gerar conteúdos que sejam capazes de educar seus consumidores, empresas passaram a adotar esta tática de Inbound Marketing.

Marketing Pessoal

Neste tipo de marketing, podemos definí-lo como o conjunto de estratégias, aplicadas de maneira coerente e planejada, que irão fazer com que você atribua um maior valor a sua imagem pessoal

Marketing de Relacionamento

O marketing de relacionamento nada mais é que todas as ações tomadas pela empresa como forma de criar e manter um relacionamento positivo com os seus clientes.

Além destes tipos que citamos ainda existem uma infinidade de outros tipos de marketing que surgem o tempo todo. O mercado e os consumidores sempre estão mudando e isso é um dos principais motivos que geram a necessidade de novos modelos de marketing.

Marketing de produto

O Marketing de Produto é um tipo (ou “vertente”, ou “escola”) de Marketing cujo foco é conectar produtos e pessoas.

Sua meta é encontrar os consumidores certos para um determinado produto e criar uma maneira de vendê-lo que seja interessante para estes consumidores.

Para esse trabalho, entender o perfil do comprador é indispensável.

Vamos definir as funções do Marketing de Produto em poucas palavras?

  • Desenvolver o posicionamento do produto;
  • Desenvolver a mensagem da empresa sobre o produto;
  • Desenvolver o diferencial competitivo do produto, frente aos concorrentes;
  • Desenvolver o alinhamento entre as equipes de Vendas e Marketing.

Como você pode imaginar, portanto, o Marketing de Produto é essencial quando um produto novo está sendo lançado no mercado.

Outra situação em que seu papel é crucial é quando um produto que já existe vai ser introduzido em um novo mercado, no qual os consumidores ainda não o conhecem.

Mais um uso interessante do Marketing de Produto é para testar a recepção de um pequeno grupo de consumidores a um novo lançamento, antes de liberar o produto para o público em geral.

Filmes sobre marketing: 0s 5 filmes que todo profissional de marketing deveria ver

Obrigado por Fumar (Thank you for Smoking) – 2005

Obrigado por fumar explora a indústria do cigarro e o poder do marketing e da publicidade em influenciar os hábitos de consumo da população.

Cidadão Kane (Citizen Kane) – 1941

Um dos filmes mais clássicos do ramo, Cidadão Kane explora o poder da imprensa americana em construir mitos.

No – 2012

Um dos melhores filmes (e baseado em fatos reais) para entender o poder da propaganda e da sua mensagem, ao acompanharmos a jornada de um jovem publicitário ao tentar derrubar a ditadura no Chile

A Rede Social (The Social Network) – 2010

A rede social explora a origem e crescimento da maior rede social da atualidade, o Facebook. Essencial para entender as redes sociais.

O Lobo de Wall Street

Conta a história de Jordan Belfort, a construção da sua riqueza e sua decadência. Muito interessante para conhecer mais a fundo os detalhes mais sórdidos do mercado.

Falar sobre um tema tão amplo como o Marketing costuma não ser uma tarefa fácil.

 

Comentários